segunda-feira, 13 de junho de 2022

MINUTA DA PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DA CATEGORIA BANCÁRIA 2022




SEGUE O LINK DA MINUTA DA PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DA CATEGORIA BANCÁRIA 2022.

https://drive.google.com/file/d/18gGdD9nGW5HmoskFHFf7O6_le0cMqI98/view?usp=sharing


PARA SERVIR DE SUBSÍDIO PARA A ASSEMBLEIA QUE ACONTECERÁ DIA 14 DE JUNHO DE 2022 (AMANHÃ) DAS 08h 20 ÀS 14H. PELO LINK DO VOTA BEM: https://bancarios.votabem.com.br/

quinta-feira, 9 de junho de 2022

EDITAL DE CONVOCAÇÃO N.º 01/2022 ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

 

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

 

N.º 01/2022

 

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

 

O Sindicato dos Bancários de Itaperuna e Região, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 29.645.447/0001-08, Registro sindical nº 46000.015773/2002-61, por seu presidente abaixo assinado, convoca todos os empregados em estabelecimentos bancários dos bancos públicos e privados, sócios e não sócios, da base territorial deste sindicato, para a assembleia geral extraordinária que se realizará de forma remota/virtual durante o período das 08 horas até às 20 horas do dia 14 de junho de 2022, no link https://bancarios.votabem.com.br na forma disposta no site www.bancariositaperuna.com.br onde estarão disponíveis todas as informações necessárias para a deliberação acerca da seguinte pauta:

1. Autorizar a diretoria do Sindicato a negociar e celebrar Convenção Coletiva de Trabalho, Convenção Coletiva sobre Participação dos Empregados nos Lucros e/ou Resultados dos Bancos, Convenção Coletiva de Trabalho sobre Relações Sindicais, Convenção Coletiva sobre Cooperativas e Acordos Coletivos de Trabalho aditivos à CCT e, frustradas as negociações, defender-se e/ou instaurar dissídio coletivo de trabalho, bem como delegar poderes para tanto;

 2. Deliberar sobre aprovação da minuta de pré-acordo de negociação e minuta da Pauta de Reivindicações da categoria bancária, data-base 1º de setembro, definidas na 24ª Conferência Nacional dos Bancários que inclui desconto a ser feito nos salários dos empregados em razão da contratação a ser realizada (contribuição negocial);

 

Itaperuna-RJ, 09 de junho de 2022.

 

Hudson José Lopes Bretas

CPF. 876.109.307-68

Presidente

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Sem negociação com trabalhadores, Santander quer abrir agências neste sábado (22)

 


O banco Santander anunciou através de propagandas que no próximo sábado as mais de 3 mil agências estarão abertas aos clientes para renegociação de dívidas, enquanto centenas de trabalhadores e clientes são infectados diariamente em meio a pandemia, o Banco Santander mais uma vez mostra seu desrespeito aos bancários e a população em busca de lucro.

Diante disso, o Sindicato dos Bancários de Itaperuna e Região entrou com uma ação civil pública para impedir o Santander de abrir a as agências no sábado (22), visto que ainda estamos em uma pandemia e também pelo total desrespeito aos trabalhadores e ao movimento sindical.

O Santander ao impor a abertura da agência também descumpre a legislação 4178/62 que em seu artigo primeiro consta “Os estabelecimentos de crédito não funcionarão aos sábados, em expediente externo ou interno” e o artigo 224 da lei 7.430/85 que especifica as horas trabalhadas.

“Art. 224 - A duração normal do trabalho dos empregados em bancos, casas bancárias e Caixa Econômica Federal será de 6 (seis) horas continuas nos dias úteis, com exceção dos sábados, perfazendo um total de 30 (trinta) horas de trabalho por semana."

Em nenhum momento o banco informou os sindicatos sobre a abertura das agências, o que fere os acordos e convenções trabalhistas.

“Já tivemos vários casos de agencias sendo fechadas em todo o país, para desinfecção por conta de funcionários que contraíram Covid nos últimos dias e nossa base não fica de fora dessa estatística. Mas mesmo assim o Santander prefere ignorar essa realidade e pôr em risco seus funcionários e clientes, convocando-os para aglomerar e espalhar o vírus, em um ato de irresponsabilidade enorme com a vida do ser humano. Isso sem falar na legislação que vem sendo desrespeitada ao se tomar uma decisão unilateral dessa.” Comentou Hudson Bretas, presidente do sindicato dos bancários de Itaperuna e Região.

“Já entramos com a ação civil pública e aguardamos o parecer do juiz”, disse.